Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Humorário

(um diário de rir para não chorar)

(um diário de rir para não chorar)

Humorário

30
Mar21

Já está caralho! Menos um dente! (e uma reflexão sobre como podemos ser tão errados nos nossos pensamentos)

Humorosa

BOM DIA ALEGRIAS!

Começo este post pseudo-reflexivo-e-ainda-assim-cómico-porque-este-é-o-mote-deste-casebre por dizer que tenho menos um dente. O dente do siso foi removido com sucesso e honestamente as 4 horas desta noite que passei em pura tensão, a visualizar num quadro colaborativo que ao invés de ser digital era mental, foram totalmente desnecessárias. Ou melhor, como verbalizei no fim da consulta (que demorou praí 30 min) "Tanta merda para isto..." fazendo rir o trio que já me atura os tremeliques na cadeira de dentista há já largos anos.

Mas serve este post não só para me rir do rídiculo dos meus pensamentos medricas, como também para me/nos lembrar de não lhes ligar grandemente em momentos de aflição, senão vejamos todos os pensamentos que tive e que foram totalmente gorados pela realidade, ou para dar uma tónica mindful, pelo "Aqui e agora", que é na verdade, o Presente (e que mais na verdade, é o único tempo existente ... caso não consideremos teorias de cordas e merdas quânticas tá?):

1. Vou apagar-me na cadeira do dentista porque vou ficar mega nervosa - NÃO ACONTECEU NUNCA E NÃO FOI DESTA VEZ por isso CAGA NISSO.

2. Não vou conseguir controlar os nervos e vou parecer um vibrador como de costume na cadeira - Vibrei tipo quase nada, por isso, CAGA NISSO.

3. Vou chegar lá e já sei que com os nervos vou "cagar no assunto" assim que me sente no sofá - NOP. Nem usei o wc desta vez! CAGA NISSO.

4. Vou sentir a gaja a alavancar-me o dente - Não senti um caralho. CAGA NISSO.

5. Vou sentir a anestesia e vai doer-me. Não vou relaxar e a anestesia não entra - Senti só um bocadinho de nada, tipo um mosquito durante 1 seg, relaxei tanto que de repente não sentia nem a língua. Por isso... CAGA NISSO.

6. Não gosto de tirar sangue, por isso não gosto de agulhas então vou panicar quando olhar para a agulha da anestesia. (Como podem verificar este argumento é puramente lógico ... NOT) - Não só já tirei sangue várias vezes e não caí pro lado, como também vi a agulha, ela fez o que tinha a fazer, e eu ali, uma vencedora. Por isso... CAGA NISSO.

7. Depois de me tirar o dente vai-me dar pontos. - Guess what? Ainda estou a morder uma compressinha e a babá-la toda mas pontos nem vê-los. CAGAAAAA NISSO.

8. Ah e tal e vou tomar antibiótico e vou ter que ter atenção para lhe dizer que da última vez fiz alergia a um que ela me deu e lá lá lá porque vou parecer um panda inchado nos olhos e depois pode interagir com a pílula e tenho que ver quando é que pára de fazer efeito. - Miga, coma uns geladinhos, cenas moles e frias e tá boa pra seguir. CAGAAAAAAA NISSSO.

9. Ah e tal vou ter que desmarcar a minha aula de yoga porque não vou poder dar aula nestas condições. - "Exercício físico leve pode fazer. Só não se ponha a levantar pesos..." Yap, CAGA NISSO

E ia escrever algo no 10 mas parece que o meu cérebro vazou por completo e apesar de ter tido certamente mais pensamentos à velocidade da luz que nem me apercebi, estes foram realmente os mais relevantes e olhem para eles... tão queridos e ingénuos, a tentarem criar uma imagem de futuro com elementos do passado, IGNORANDO TOTALMENTE QUE A NOVIDADE DO PRESENTE SE INFILTRA NO MOMENTO E TRAZ-NOS SEMPRE UMA NOVA ABORDAGEM QUE NÃO ESPERÁVAMOS (ps. Não estou a ser rude. Só quis escrever em letras garrafais para ver se de uma vez por todas eu faço as pazes com o meu cérebro e com a sua velocidade furiosa de criar-pensar-inventar-prever e perceba com CARINHO (outro conceito importante de reter) que ele vai sempre fazer isto, e vai haver vezes que vai ser útil, outras que nem por isso. E mais, que eu estou a TREINAR para que ele mostre a si próprio que em momentos de pensamento corredor e com medo, por FACTOS do Passado - os inegáveis sucessos da Humorosa - no momento não há razão para dar valor à voz Drama Queen, mas sim à voz calma que repete incessantemente - que a Humorosa precisa de repetir-repetir-até-deixar-entrar- "O dente já saiu. O dente já saiu. O dente já saiu. Já não vale a pena ficares nervosa." E que puta que pariu, JÁ CONSEGUE ACALMAR a roda viva que ela tem dentro.

Posto isto, e desculpem a todos a punhetice, mas vou comemorar este sucesso congratulando-me, e passando a referir-me a mim, como Dona Humorosa, a Rainha das Conquistas.

Isso e a comer gelado.

PORQUE POSSO!

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub